Algumas reflexões extraídas do Intercon09

9 nov

intercon2009

Estive no Intercon 2009 e não podia deixar de blogar sobre esta experiência!

Foi a primeira vez que fui a esse evento que reúne palestrantes extraordinários da área de internet, mas já tinha algumas expectativas e posso dizer que me surpreendi.

Na parte da manhã fiquei no ambiente Business com a curadoria de Gil Giardelli e vi palestras sensacionais como a do Carlos Nepomuceno que ao refazer o histórico da internet arrancou palmas e gargalhadas da platéia por ser irreverente e lançar comentários como o de que não devemos nos sentir privilegiados e achar que estamos numa era em que tudo é novo, porque até mesmo o Twitter já foi inventado há muito tempo atrás por Jesus que já tinha seus 12 seguidores… 😉 Gosto de pessoas que saem do quadrado e utilizam novas formas de expor seu conhecimento, chamando assim a atenção de uma platéia tuiteira que dividia seus olhares e atenção entre os palestrantes, notebooks e celulares.

Em falar nisso, cabe aqui uma reflexão. O formato tradicional de palestra incide em um palestrante que fala e uma platéia silenciosa que escuta e reflete em pensamento. Agora, o que vivemos ontem no Intercon09, com as pessoas refletindo colaborativamente e expondo seus pensamentos e opiniões no Twitter, paralelamente ao curso da palestra nos mostra que realmente estamos em uma era diferente.

Compartilhamos no Twitter momentos onde um rapaz liberou seu wifi para 11 pessoas que reclamavam da qualidade do sinal no ambiente  e também quando as pessoas reclamavam da ausência de tomadas para recarregar seus notes e celulares e em poucos minutos Gil chegou com réguas compradas naquele momento pós reclamações. Assim as pessoas puderam colaborativamente acalmar seus nervos e recarregar as baterias de seus aparelhinhos eletrônicos.

Piadas internas rolavam paralelamente às palestras e por alguns instantes quem não estava acompanhando o Twitter, parecia ficar fora do ar.

Através da hashtag #intercon09 víamos o que se passava na mente de cada pessoa sentada ali  no auditório, suas impressões , opiniões e ainda conseguíamos reconhecer pessoalmente muitos amigos que até então eram virtuais e podiam estar sentados do nosso lado.

Gostei muito de palestras como a da Suzana Apenbaun, que falou sobre o mundo Trans, que é o mundo que vivemos hoje de transformações e superação de limites, mostrando cases novos e muito interessantes como o http://www.helpthehoneybees.com/ da Haagen-Dazs, que em pró da causa de proteger as abelhas produtoras de mel da extinção, desenvolveu um sorvete de mel e fez uma campanha com uma grande presença digital, virais e vídeos, direcionada à conscientização das pessoas e o dinheiro arrecadado com a venda desse produto era direcionado à doações para a causa. Esse é um grande exemplo da Publicidade sendo usada e transformada em causa social.

O fechamento da parte da manhã na sala Business com Gil Giardelli, um tecnotimista que falou de Green Tech e Sustentabilidade, temas que daqui pra frente devem ganhar cada vez mais importãncia e atenção das pessoas foi sensacional. Gil nos mostrou um outro lado que pouco discutimos e nos fez pensar a respeito do futuro que queremos para o mundo. Nos fez refletir sobre nossas atitudes e também que cada um de nós pode fazer sua parte.

Na área de Criação na parte da tarde pude ser surpreendida por palestrantes como o Gilberto Júnior e o Luli.

Ambos conduziram suas palestras de um modo teatral muito bacana e o Luli soube emocionar as pessoas com uma palestra performática fugindo totalmente do formato que alguns palestrantes aderiram de falar sobre o que fizeram, fundaram…

Usou humor, disse que para Inovar é preciso antes observar e fez um paralelo bem bacana sobre o lado esquerdo e o direito do cérebro.

Sua palestra está sendo considerada por muitos como a melhor do evento e eu apoio.

Clique aqui e confira como foi emocionante!

As pessoas estão querendo ver coisas diferentes, experiências pessoais que agregam, inovações na própria forma de palestrar e não apenas na teoria. Em um evento como esse, palestrantes que ousam na forma de abordar um assunto conseguem chamar a atenção. Afinal precisamos sempre inovar, renovar, criar! Partir para ações práticas e não ficar apenas na teoria.

Para mim foi essa a mensagem que ficou de um evento que já está dando saudade!

Anúncios

2 Respostas to “Algumas reflexões extraídas do Intercon09”

  1. Luiz Carioca 9 de novembro de 2009 às 11:07 AM #

    Olá Monique, realmente oInterCon está a vanguarda dos eventos, a minha opinião está ótimo, mas tudo pode ser melhorado. Eu, particularmente gostaria de ver mais debates.

    Mas, gostei muito do evento, realmente a parte da manhã no auditóro Business estava ótima e o dia fechou com chave de ouro com a palestra do Luli ao seu melhor estilo Madonna de ser com microfone na cabeça e trocando de roupa durante o espetáculo.,…rs

    Tbém fiz um post sobre o Intercon, mas não ficou tão bom quanto o seu…rs
    abs

Trackbacks/Pingbacks

  1. LAMPEJOS BLOG » Blog Archive » Parque de diversões - 20 de novembro de 2009

    […] Carioca Intercon 2009 pelo Hernani Dimantas No Intercon 2009 parte I e II pelo Julio Daio Borges Algumas reflexões extraídas do Intercon09 pela Monique […]

Deixe um comentário

Preencha os seus dados abaixo ou clique em um ícone para log in:

Logotipo do WordPress.com

Você está comentando utilizando sua conta WordPress.com. Sair / Alterar )

Imagem do Twitter

Você está comentando utilizando sua conta Twitter. Sair / Alterar )

Foto do Facebook

Você está comentando utilizando sua conta Facebook. Sair / Alterar )

Foto do Google+

Você está comentando utilizando sua conta Google+. Sair / Alterar )

Conectando a %s

%d blogueiros gostam disto: